Nove jogadores da NBA testaram positivo para coronavírus em 344 exames realizados entre 24 e 29 de junho, uma porcentagem de 2,6%, nos preparativos para a retomada da temporada no dia 30 de julho, informou a liga nesta quinta-feira, 2.

A NBA, que não informou as identidades dos jogadores infectados ou de suas equipes, havia anteriormente registrado positivo para coronavírus de 16 jogadores detectados em 23 de junho na semana passada.

Dessa forma, “25 dos 351 jogadores testaram positivo desde que os exames começaram em 23 de junho”, afirmou a liga em um comunicado conjunto com a Associação de Jogadores (NBPA).

Alguns desses jogadores infectados tornaram seus casos públicos desde a semana passada, como os atletas do Brooklyn Nets, Spencer Dinwiddie e DeAndre Jordan, que descartaram sua participação na retomada da temporada.

Além disso, a NBA disse que nos 884 testes para COVID-19 realizados em funcionários das equipes entre 23 e 29 de junho, 10 deram positivo.

“Qualquer jogador, treinador ou membro da equipe que testar positivo permanecerá em auto-isolamento até que atenda aos protocolos de saúde pública para poder interromper o isolamento e seja liberado por um médico”, enfatizou a liga.

Os testes são aplicados aos membros das 22 equipes que retomarão a temporada em 30 de julho no complexo esportivo da Disney World (em Orlando, na Flórida), onde todas as franquias serão instaladas a partir de 7 de julho.

Fonte: A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui